Plástico: um mal necessário que deve ser reciclado adequadamente

Não se pode mascarar o problema da falta de reciclagem do plástico com argumentos não completos, diz Saldiva

  • 33
  •  
  •  
  •  
  •  

Paulo Saldiva, na edição de hoje, comenta as frentes que defendem o uso indiscriminado de plástico em contraposição ao tema da ONU Meio Ambiente deste ano que tratou sobre Acabe com a poluição plástica.

Segundo o professor, o presidente da Fiesp, em uma matéria da Folha de S.Paulo, diz que plástico não faz mal para a saúde porque é composto somente de carbono e hidrogênio. Para Saldiva essa afirmação carece de informação verdadeira. “Não se pode mascarar o problema da falta de reciclagem do plástico através de argumentos não completos. É bom recompor a verdade e afirmar: Sim, nós somos dependentes do plástico, mas para que sejam seguros eles têm que ser reciclados de forma adequada”, afirma.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Saúde e Meio Ambiente.

  • 33
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados