Planeta anão recebe visita da sonda Amanhecer

Coberto de crateras, Ceres é o maior objeto no cinturão de asteroides que fica entre as órbitas de Marte e Júpiter

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Foto: Nasa/JPL-Caltech

Uma região do sistema solar compreendida entre as órbitas de Marte e Júpiter é a casa de muitos objetos irregulares, como os asteroides. Dois deles, Ceres e Vesta, foram escolhidos para uma visita pela Nasa, que há dez anos lançou a sonda Dawn (do inglês, amanhecer). Ceres já chegou a ser classificado como planeta, mas por estar na mesma órbita que Vestas, chegou-se à conclusão de que seria um asteroide. Mais tarde, em 2006, Ceres mudou de classificação novamente, quando foi criada a categoria de “planeta anão”. Somente em 2015 Dawn entrou em órbita ao redor de Ceres, e as imagens revelaram que o planeta anão tem uma superfície coberta de crateras – entre outras descobertas que você fica sabendo no áudio acima, em “Entender Estrelas”.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados