Pesquisadores propõem ampliar período da adolescência

De acordo com eles, há uma série de mudanças que justificam que a adolescência se estenda hoje até os 25 anos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Pesquisadores ingleses, norte-americanos e australianos propõem que se estenda o período da adolescência até os 25 anos de idade. Com isso, contestam a própria definição de adolescência dada pela Organização Mundial da Saúde, que situa esse período na faixa dos 10 aos 19 anos. Essa marcação é antiga, porém, datando de 1965; de lá para cá, argumentam os pesquisadores, as coisas mudaram de um ponto de vista biológico e social.

De acordo com o médico Alexandre Faisal, os jovens de hoje permanecem mais tempo na casa dos pais e na escola, e também tendem a se casar mais tarde. Um  outro ponto a reforçar a tese da adolescência até os 25 anos é a melhor compreensão que se tem das mudanças anatômicas e funcionais do cérebro dos jovens. Saiba mais acompanhando a coluna, na íntegra, pelo link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •