Pesquisa que alerta contra energia eólica não tem fundamento

Feita nos EUA, a pesquisa diz que, em larga escala, esse tipo de energia pode representar aquecimento para a Terra

O colunista José Goldemberg, na edição de hoje, analisa a pesquisa, feita nos Estados Unidos, que mostra que a implantação de energia eólica, em grande escala, pode aquecer a superfície da Terra. O professor afirma que essa possibilidade não vai acontecer nunca, porque a geração de energia eólica é intermitente e quando chega a 120% do total dá problemas sérios.

De acordo com Goldemberg, há ainda muito lugar para energias renováveis do tipo eólica. “Se houver problemas, vai demorar muitas décadas e até lá já teremos resolvido o problema de outras formas”, ressalta.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Energia.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •