Pesquisa inédita de Walter Zanini é publicada em livro

A edição apresenta o pensamento sobre arte e tecnologia do primeiro diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP

  • 37
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Ouvir Imagens, a artista e professora Giselle Beiguelman, da FAU USP, destaca o livro Walter Zanini: Vanguardas, desmaterialização, tecnologias na arte. A pesquisa inédita do historiador e crítico de arte conta com a organização de Eduardo de Jesus, professor da Universidade Federal de Minas Gerais. O lançamento é da WMF Martins Fontes.
“O nome do professor Zanini está ligado não só à atividade crítica e teórica, mas também à história do Museu de Arte Contemporânea da USP. Ele foi o primeiro diretor de 1963 até 1978”, explica Giselle. “Sua atividade à frente desse museu transformou a instituição em um verdadeiro laboratório aberto para as então novas artes, como a arte postal e a videoarte.”
O organizador Eduardo de Jesus é um dos principais pensadores brasileiros da mídia arte. “O livro apresenta uma longa pesquisa do professor Zanini sobre a presença das tecnologias na produção artística desde o fim do século 19”, afirma a colunista. “Está dividido em sete capítulos. O primeiro “Da arte artesanal e mecânica à arte eletrônica” é um estudo instigante que problematiza as interfaces entre arte e tecnologia à luz de suas relações com as transformações da arquitetura e do design no século 19. Na sequência vêm “Arte Cinética”, “O impulso para o imaterial”, “Aspectos da contribuição do cinema de artista e Experimental”. Há também um capítulo inteiramente dedicado ao “Vídeo” e outro a “Vídeo arte no Brasil”.”

Quem quiser saber mais sobre o livro Walter Zanini: Vanguardas, desmaterialização, tecnologias na arte, ouça a íntegra da coluna clicando no player acima. Informações detalhadas acesse:
www.desvirtual.com

  • 37
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados