Parceria entre KondZilla e Netflix democratiza acesso ao audiovisual

A opinião é do professor Roberto Franco Moreira, da ECA, que enaltece a iniciativa

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Konrad Cunha Dantas, conhecido como KondZilla, é o dono do maior canal de youtube do Brasil. Recentemente, ele anunciou que produzirá uma série de ficção, em parceria com a Netflix, que contará, entre outras coisas, histórias de jovens da periferia paulistana e sua relação com o funk. Roberto Franco Moreira, professor do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, conta que essa novidade “mostra um processo muito radical de democratização do acesso aos meios de produção audiovisual”, que,  para ele,  ”não é mais monopólio da elite cultural tradicional brasileira”.

O assunto que será abordado pela série também é importante. O professor relata que, apesar de diversas produções do gênero retratarem as periferias, ”nesse caso é diferente, porque ele vem dessas regiões.” A Netflix já havia adaptado a série 3%, originada no Youtube. Roberto Franco conta que essa busca por novos meios não é exclusiva da plataforma de streaming e que canais abertos de TV e outros veículos da grande mídia também estão observando essas produções. Confira a matéria completa no player acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados