Para colunista, meio período é quantidade ideal de trabalho

Na visão de Luli Radfahrer, um expediente reduzido à metade torna-se benéfico a funcionários e empresas

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Desde a década de 1980, com a chegada e o gradual avanço da computação, existe a promessa que os seres humanos teriam de trabalhar menos — algo que, infelizmente, não é visto na prática. Em sua coluna desta semana para a Rádio USP, o professor Luli Radfahrer comenta sobre uma proposta de meio período de expediente para todos.

Na visão de Luli, não é preciso trabalhar tanto. O cansaço, a ansiedade e tempo ocioso gasto no ambiente profissional, caso trabalhássemos menos, seriam transformados em produtividade. E isso está provado em pesquisa.

Além disso, o professor comenta sobre o ciclo criativo das pessoas descansadas e as atividades possíveis para ocupar um meio período livre de compromissos profissionais.

Ouça o áudio acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados