Para cada distúrbio ocular existe um tipo de óculos mais indicado

A moda tende a ditar quais tipos de armação de óculos serão mais usadas, mas é importante priorizar o conforto

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre os tipos de óculos e quais são os  mais indicados para cada problema ocular. 

Hoje em dia, diz o professor, existem diversas armações de óculos disponíveis e, além de serem artigos de moda, cada um tem seu benefício. Os míopes por exemplo, são favorecidos por óculos pequenos, pois produzem menos artefatos de imagem.

Já os indivíduos que sofrem de hipermetropia são beneficiados pelos óculos maiores, pois os efeitos prismáticos são reduzidos quando são mais amplos na largura. O mesmo ocorre com as pessoas que necessitam das lentes multifocais. É preciso mais espaço para que seja possível acomodar as lentes dentro da mesma armação.

Em relação à armação, o professor diz que o mais importante é escolher uma confortável. O objeto fará parte do dia a dia, portanto, é indispensável que os óculos não sejam pesados ou causem incômodos em quem o está usando. 

Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha.


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar toda quarta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •