Overdoses por uso de derivados do ópio deixam EUA em emergência

Dependência química de opioides no país cresce com o uso de analgésicos

No mês de outubro, os Estados Unidos entraram em estado de emergência de saúde nacional. A morte por overdose em decorrência do uso de opioides é considerada epidemia no país e está estritamente ligada ao uso de analgésicos pela população. “Lá, existe uma cultura de prescrição de opioides para dor que é bem antiga”, diz Hercilio Oliveira Junior, psiquiatra do Programa de Álcool e Drogas do Instituto de Psiquiatria (IPq) da USP.

Oliveira compara o cenário dos EUA ao do Brasil, apontando que o próprio uso da heroína é uma complicação para o país estadunidense. Em 2016, foram 64 mil mortes por overdose nos Estados Unidos — desse total de casos, cerca de 53 mil estão relacionados ao consumo de opioides.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.