Otávio Frias Filho mudou o jornalismo brasileiro

O professor Carlos Eduardo Lins da Silva reflete, em sua coluna, sobre a morte do responsável pelo Projeto Folha

 27/08/2018 - Publicado há 3 anos  Atualizado: 07/11/2018 as 7:53

“O jornalista Otávio Frias Filho representou uma profunda mudança nas práticas e costumes do jornalismo brasileiro, porque o Projeto Folha, que ele concebeu e liderou, transformou profundamente a maneira de fazer jornalismo no Brasil.” Assim se manifesta o professor e jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva sobre o falecimento recente do homem e profissional que se apoiou nos pilares de um jornalismo crítico, apartidário, pluralista e conectado com o que havia de mais moderno para fazer história. De acordo com o colunista, muitos dos princípios que Frias Filho implantou foram seguidos por outros veículos de comunicação.

Lins da Silva entende que será uma grande perda para a imprensa nacional, como um todo, caso a filosofia implantada por Frias Filho na Folha não tenha continuidade, pois,”neste período atual em que vivemos, são poucos os espaços em que pontos de vista contraditórios podem se enfrentar de uma maneira educada e racional”. Acompanhe o comentário, na íntegra, pelo link acima.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.