Os riscos para a saúde pública no Brasil vêm de setores diversos

O professor José Sebastião dos Santos analisa documento assinado por ex-ministros da Saúde e diz que preocupações são pertinentes

Os primeiros sete meses de governo trouxeram uma avalanche de medidas que fizeram muita gente ficar preocupada com o andamento das políticas públicas existentes em algumas áreas. Seis ex-ministros da Saúde, por exemplo, se mobilizaram para produzir um documento que aponta alguns riscos para a área. 

O documento SUS, Saúde e Democracia: Desafios para o Brasil foi entregue ao presidente do Conselho Nacional de Saúde, no início do mês, durante a décima sexta Conferência Nacional de Saúde. Entre outras questões, o documento diz que há fragilização do Sistema Único de Saúde (SUS) e que essa fragilização se soma ao ataque a várias políticas públicas fundamentais no processo saúde-doença.

Foto: ASCOM HGT /Fotos Públicas

O professor José Sebastião dos Santos, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, é especialista em Saúde Pública e analisou o documento. Santos foi secretário municipal de Saúde de Ribeirão Preto e consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Ministério da Saúde.

No documento, assinado pelos ex-ministros da Saúde Humberto Costa, José Saraiva Felipe, José Gomes Temporão, José Agenor Alvarez da Silva, Alexandre Padilha e Arthur Chioro, o professor destacou a percepção de que os riscos para a saúde pública vêm de fora da própria pasta, o Ministério da Saúde. Para ele o SUS está bastante consolidado e ressaltou, por exemplo, que as medidas de ajuste do programa Mais Médicos, anunciadas pelo governo, estão corretas, e que temas polêmicos, como liberação de armas e aumento de agrotóxicos, se tornam ameaças à saúde pública.

Ouça a entrevista no link acima.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.