Os partidos políticos são necessários numa democracia?

Pesquisas conduzidas na USP apontam que os partidos aparecem distantes dos eleitores

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail


O papel dos partidos políticos na crise política que o País vive desde 2014 é o tema da coluna semanal “A Qualidade da Democracia”, do cientista político José Álvaro Moisés. Ele entende que os partidos políticos brasileiros estão em xeque. “Nós temos uma situação extremamente grave e complicada, dado o envolvimento que as delações da Operação Lava Jato revelaram sobre os partidos participarem, nesses últimos anos, não apenas da coordenação política, mas também da montagem e do funcionamento do esquema de corrupção sistêmica que vigora no Brasil.”

Para Álvaro Moisés, uma questão que se coloca é a de que “estamos hoje diante de um sistema partidário fragmentado”.  Um outro fato é o de que os partidos perderam sua credibilidade com os eleitores, razão pela qual  têm de procurar rever a maneira de se relacionar com estes, além de revisar também seu próprio  mecanismo interno de funcionamento.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados