Os negros e a luta contra a ditadura militar

Eles foram perseguidos pela ditadura militar e reagiram, mas a história insiste em não lembrar essas resistências

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

A participação dos negros na luta contra a ditadura militar no Brasil em 1968 e nas décadas seguintes é o tema desta semana do professor Ricardo Alexino Ferreira. Ele lembra que “a ditadura militar perseguiu os militantes negros porque temia que eles seguissem os passos do grupo de resistência estadunidense Panteras Negras”. Ele também fala sobre a obra “Direito à Memória e à Verdade”, publicada em 2007 pela Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. A obra apresenta mais de 40 militantes negros entre homens e mulheres que lutaram contra a ditadura, mas ainda são “esquecidos” pela história.

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados