Os interesses por trás da mudança de regime político no Brasil

Parlamentarismo e semipresidencialismo têm ocupado o debate político, mas o que são e por que a discussão surgiu?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O cientista político André Singer discute as propostas de alteração do regime político do Brasil para o parlamentarismo ou semi-presidencialismo. Singer explica ambos os modelos e avalia: “O objetivo dessas duas propostas é reduzir o papel do presidente da república”.

Para o professor, a cultura política consolidada no Brasil torna a eleição presidencial um momento chave de emissão da opinião popular a respeito dos rumos do país. A mudança de regime seria, em sua avaliação, um abalo nessa forma de expressão da soberania popular.

Mas por que tais propostas teriam surgido agora? Segundo Singer, é preciso levar em conta certos motivações políticas particulares. Quais serão? Descubra na coluna dessa semana.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados