Os discursos homofóbicos e a violência contra segmentos da diversidade

No Brasil, em 2015, foram assassinados 318 homossexuais em crimes de ódio, conforme relatório do Grupo Gay da Bahia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


 

20161024_homo_colunistalexino
Foto: Visual Hunt

Em sua coluna semanal, o professor Ricardo Alexino Ferreira trata da influência que políticos, líderes religiosos, pessoas públicas e artistas possam ter na eclosão de discursos de ódio contra segmentos da diversidade.

Após citar exemplos de declarações “infelizes” dadas por políticos e líderes religiosos, Alexino Ferreira diz que “a linha tênue entre liberdade de expressão e discursos de ódio tem levado países a adotar medidas para a garantia dos direitos civis e constitucionais”.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados