Os desafios ambientais para o próximo governo

Para o professor, a participação da sociedade nos planos ambientais precisa sempre aumentar

  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  

O programa Ambiente é o Meio desta semana traz entrevista com Marcelo Marini Pereira de Souza, professor titular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, atuando nas áreas de Gestão e Instrumentos de Política Ambiental e de Recursos Hídricos, Impacto Ambiental e Avaliação Ambiental Estratégica, dentre outras.

O professor fala de forma geral sobre quais propostas ambientais o próximo presidente precisa ter em seu plano de governo para o mandato de 2019 a 2023. “Havia e ainda há desafios colocados antes mesmo destas candidaturas, pois recentemente o código florestal sofreu alterações para pior, com questões difíceis de delinear”, conta Souza.

Foto: VisualHunt / CC BY-NC-SA

Ainda de acordo com Souza, o meio ambiente demanda um dinamismo da sociedade, do governo e do setor produtivo. “As ideias sempre são excelentes, porém a operacionalização não é muito boa”, afirma.

Souza fala também sobre a privatização das estatais, que, de acordo com a proposta, diminuiria a dívida pública e sobrariam mais recursos. Para o professor, a privatização é uma questão muito complexa, pois os interesses se modificam a partir do momento que se privatiza.

Ambiente É o Meio é uma produção da Rádio USP Ribeirão Preto em parceria com professores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e Programa USP Recicla da Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da USP.

Ouça no link acima na íntegra do programa Ambiente é o Meio.

  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados