Os benefícios da dieta mediterrânea para uma vida saudável

Está confirmado que a combinação de alimentação saudável com estilo de vida ajuda a reduzir risco de doenças não transmissíveis

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Dieta mediterranea – Foto: Visual hunt

O termo dieta mediterrânea começou a ser utilizado na década de 1960 e mostrou ser não só um hábito alimentar, mas um estilo de vida de moradores da região do Mediterrâneo. Composta por grãos, frutas, legumes, peixes, castanha e consumo moderado de vinho tinto, essa mistura de ingredientes foi reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como muito saudável.

Essa dieta ajuda a reduzir o risco de diabetes, problemas cardiovasculares, doenças crônicas e obesidade. Em novembro de 2010, durante a quinta sessão do Comitê Intergovernamental da Unesco, em Nairobi, essa dieta foi reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade da Itália, Portugal, Espanha, Marrocos, Grécia, Chipre e Croácia.

Acompanhe a matéria na íntegra pelo link acima.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •