Opção pela energia eólica vem crescendo no Brasil

Empresas como a Petrobras já anunciaram o primeiro projeto de energia eólica em alto mar

  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  

Os investimentos em energia eólica vêm crescendo no Brasil, partindo até mesmo de empresas de petróleo, como a Petrobras, que já anunciou o primeiro projeto de energia eólica em alto mar. De fato, especula-se que o vento venha a se tornar a segunda principal fonte de energia elétrica no Brasil, em 2019. O físico José Goldemberg vê isso como algo positivo; de acordo com ele, a energia eólica ultrapassou a contribuição da biomassa. “A situação chegou a um ponto tal que há setores que agora defendem que o governo elimine os subsídios à utilização de energia eólica, porque há uma corrida de investidores”, diz o colunista.

Ele observa, porém, não ser possível ter um entusiasmo ilimitado por esse tipo de energia, porque ela é intermitente, já que, por necessitar ser armazenada, pode criar problemas para o resto do sistema. “O segredo de um sistema eólico de sucesso é ter ventos fortes e constantes.” Acompanhe a coluna Energia, na íntegra, pelo link acima.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados