Obra de João Gilberto é síntese do Brasil dos anos 50

Guilherme Wisnik considera o cantor um dos maiores gênios da cultura brasileira

+ Mais

Haja saudade

Na coluna desta semana, o professor Guilherme Wisnik comenta sobre a importância de João Gilberto, “um dos maiores gênios da cultura brasileira e talvez do mundo no século 20”. João Gilberto do Prado Pereira de Oliveira nasceu em Juazeiro, na Bahia, em 1931, mas foi na zona sul do Rio de Janeiro que, como explica Wisnik, desconstruiu o samba-canção criando uma nova batida de violão com influências do jazz, criando a bossa nova.

Dono de uma sonoridade original e moderna, Wisnik diz que João Gilberto revolucionou a música, com um canto quase falado, levando a MPB ao mundo. O colunista considera que o cantor, violonista e compositor foi o formulador da grande síntese do Brasil nos anos 50.

Acompanhe o comentário completo no link acima.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.