O uso contínuo da internet ajuda a enfrentar o declínio cognitivo

Pesquisa mostra que o não uso contínuo da internet piora ainda mais a cognição em idosos, afirma colunista

O médico ginecologista Alexandre Faisal  fala sobre a importância da internet para enfrentar o declínio cognitivo associado ao envelhecimento. É fundamental criar estratégias para evitar o declínio cognitivo, uma delas é o uso da internet.

A novidade, apresentada por uma pesquisa nacional liderada por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina, avaliou o uso da internet e o ganho cognitivo em idosos ao longo de quatro anos.

O principal resultado do estudo mostra que a manutenção do uso da internet se associou com melhor desempenho cognitivo ou, o contrário, deixar de usar a internet se associou com a piora cognitiva.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Saúde Feminina.


Saúde Feminina
A coluna Saúde Feminina, com o professor Alexandre Faisal, vai ao ar toda quinta-feira às 10h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.