“O suicídio de jovens aumentou três vezes na última década”, destaca colunista

O mundo hoje não é mais composto de amigos e familiares, e sim de uma extensa rede social e eletrônica

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio anualmente. O número tem aumentado entre pessoas abaixo de 20 anos e acima de 70. O suicídio de jovens aumentou três vezes na última década. “Não se sabe exatamente porque, mas, toda vez que aumenta o tamanho da cidade, maior a taxa registrada de suicídio”, analisa o professor Paulo Saldiva.

Nos idosos, o problema está relacionado com a solidão, perda das relações sociais e ligações com o mundo que muda cada vez mais. No entanto, o que faria os jovens perderem o interesse em viver? Saldiva diz que a falta de identidade, de um propósito, de uma vinculação maior com um projeto de vida explicam algumas das causas desse vazio existencial.

O professor também acredita que o mundo hoje não é mais composto de amigos e familiares, e sim de uma extensa rede social e eletrônica, que pode emitir conceitos e julgamentos extremamente críticos e violentos.

Ouça no link acima a coluna Saúde e Meio Ambiente.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •