A importância de resgatar a relevância da democracia

Em sua coluna para a Rádio USP, Pedro Dallari traça um breve panorama da história da democracia no mundo

  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Nesta semana, o professor Pedro Dallari faz uma leitura das eleições do último domingo, com a eleição de Jair Bolsonaro. É importante resgatar a relevância da democracia para o exercício da cidadania, um debate que, do ponto de vista teórico e doutrinário, se dá desde a Antiguidade, desde a Grécia Clássica, quando a noção de democracia, associada justamente ao direito dos indivíduos de participarem da vida pública, foi tratada por filósofos muito importantes.

No mundo contemporâneo, embora a democracia seja uma construção que acompanha toda a história, sem dúvida alguma ela é um resultado importante das chamadas revoluções liberais (a Revolução Francesa e a Guerra de Independência dos Estados Unidos, e antes mesmo disso a Revolução Gloriosa na Inglaterra, nos séculos 17 e 18). Mas a consolidação da democracia se dá mesmo após a 2ª Grande Guerra. Os horrores desse conflito aceleraram o processo que já vinha ocorrendo, no qual um elemento garantidor fundamental dos direitos dos indivíduos é justamente a democracia – mesmo porque essa mesma democracia é o regime político em que é possível o exercício da cidadania e dos direitos humanos. O que aconteceu para que subisse ao poder no Brasil, hoje, um político antidemocrata e antidireitos humanos, num momento em que o mundo aspira por democracia?

Essa e outras considerações você confere no link acima ouvindo a íntegra da coluna Globalização e Cidadania.

 

  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados