O que é e como nos influencia a neutralidade da rede

Recentemente, os EUA puseram fim a um dos princípios que guiavam as diretrizes da internet

Você já parou para pensar em como seria a internet se você tivesse que pagar a mais pelo acesso a certos tipos de conteúdo? Pois é assim que as coisas talvez serão – pelo menos para a população dos Estados Unidos.

Nos últimos dias, foi aceito o projeto que decretou o fim da neutralidade da rede no país. Isso quer dizer que a velocidade com a qual os diferentes portais são acessados não será mais a mesma, e poderá depender de pagamentos feitos externamente às organizações de telecomunicações do país.

O professor Nelson Lago, do Departamento de Ciências da Computação do Instituto de Matemática e Estatística da USP, explica melhor o assunto no áudio acima. Ouça.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.