O fim do mundo nas páginas da literatura e no fio telefônico

O colunista Guilherme Wisnik foi convidado para participar de uma série chamada “Leituras do Fim do Mundo”

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_wisnik

logo_radiousp790

Romero Jucá durante entrevista coletiva em que explica teor da conversa gravada entre ele e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, em que teria falado sobre barrar investigações da Lava Jato - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil (Jucá) / Petrobras (Machado)
Romero Jucá durante entrevista coletiva em que explica teor da conversa gravada entre ele e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, em que teria falado sobre barrar investigações da Lava Jato – Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil (Jucá) / Petrobras (Machado)

Um tema bastante recorrente, seja na ficção ou até mesmo na realidade, é o do fim do mundo. O colunista Guilherme Wisnik participou de um evento que tratou dessa questão, ocasião em que leu trechos de obras de Pero Vaz de Caminha, Euclides da Cunha e, para completar, partes de um diálogo telefônico travado em 2016,  entre Romero Jucá e  Sérgio Machado sobre a Operação Lava Jato. Ouça o áudio acima.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados