O cientista que vê a ignorância como impulsionadora da ciência

Para Staurt Firenstein, perguntas são mais importantes que respostas, diz Eduardo Rocha

Nesta edição, o professor Eduardo Rocha fala sobre Stuart Firestein, suas descobertas e sua notável importância para a ciência. O professor conta que a pergunta que Firestein mais deseja responder em sua carreira é como funciona o cérebro. Por conta disso, acabou por estudar o funcionamento da retina, pois acreditava que, ao entender como as células reagiam à luz, poderia descobrir como as mensagens chegavam ao cérebro.

 Stuart Firestein percebeu, graças a todos os seus estudos, que, ao se questionar, ele acabava por buscar mais respostas. Por isso, propôs a criação de um curso na Universidade Columbia sobre a ignorância, como lidar e como fazer perguntas, pois, para o cientista, o ato de questionar é a parte mais importante da atividade científica. 

Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho.


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar toda quarta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •