Novos dados do IDH mostram estagnação da economia brasileira

Em novo estudo, Brasil se mantém na 79ª colocação do ranking dos 189 países estudados

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida que tenta capturar o desenvolvimento dos países sob três óticas: indicadores de educação, de saúde e de renda. Nesse último estudo, o Brasil continuou na posição de número 79, como o estudo anterior. Para o professor Luciano Nakabashi, a estagnação do País significa uma queda da renda per capita. “Apesar de melhorar a expectativa de vida e escolaridade, a renda ainda é um problema.”

Para o colunista, dentre 189 países estudados, a 79ª é uma boa posição para o Brasil, pois acaba ficando na média dos outros países. “Isso demonstra que estamos no meio da distribuição; comparado com a América Latina, estamos praticamente todos no mesmo IDH.”

Porém, quando comparada com países desenvolvidos, o Brasil fica muito distante. “Quando nos comparamos com os Estados Unidos ainda é muito distante, o Brasil precisa melhorar muito a desigualdade de renda.”

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna do professor Luciano Nakabashi.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.