Nova geração é viciada em tecnologia

Para Luli Radfahrer, a relação dos jovens com as telas é semelhante à dependência de uma droga

A tecnologia está, hoje, muito presente na vida cotidiana, mas até que ponto ela pode ser prejudicial? Os jovens, em especial os que cresceram em um mundo no qual já habitavam a internet e os smartphones, podem ter uma certa dependência dos aparelhos, e isso pode influenciar negativamente na forma como eles veem o mundo.

Para saber mais sobre o assunto, ouça o link acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •