Noites maldormidas podem estar relacionadas ao uso do celular

Nervosismo e redução de atenção e da memória são algumas das consequências

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Você já passou da hora de dormir por ter usado o celular para ver as redes sociais ao se deitar? O comportamento é comum na vida moderna, mas o hábito afeta a qualidade do sono e pode causar nervosismo e redução da atenção e da memória.

De acordo com o professor de Neurologia e Medicina do Sono, Alan Luiz Eckeli, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, o problema está relacionado à demora para dormir e à emissão de luz das telas dos smartphones, a qual reduz a liberação do hormônio melatonina.

Entre as consequências de uma noite maldormida, estão o mau humor e redução da capacidade cognitiva e da atenção, além do risco de acidentes. “Se eu durmo pouco, minha atenção está bastante reduzida e a chance de eu bater o carro aumenta”, analisa o professor.

Por Giovanna Grepi

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados