Mulher de Bolsonaro aparece como beneficiária de dinheiro suspeito

O governo nem sequer se iniciou e já surgiram indícios de possíveis irregularidades, diz o cientista político José Álvaro Moisés

  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  

Um relatório apresentado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Fazenda envolve personagens do novo governo e diz respeito a uma movimentação financeira atípica. Esta, no valor de um milhão e 200 mil reais, em conta do ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, filho mais velho de Jair Bolsonaro, aponta a transferência de um cheque no valor de R$ 24 mil para Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, esposa do presidente eleito. O presidente Jair Bolsonaro explica que não houve nada de irregular e que o dinheiro não foi depositado em sua conta porque anda atarefado e foi mais fácil depositar na conta de sua esposa. O professor José Álvaro Moisés diz que essas situações precisam ser esclarecidas, para que haja transparência e informação para a opinião pública neste início de governo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados