Atividade física é o melhor remédio contra doenças do sedentarismo

Especialista comenta os benefícios de substituir hábitos sedentários por atividade física

Na coluna de hoje, o médico ginecologista Alexandre Faisal comenta os hábitos sedentários e a importância da atividade física. O especialista ressalta que o sedentarismo está associado a uma série de graves doenças entre adultos, como diabete tipo 2, síndrome metabólica, doença cardiovascular e até câncer.

O pesquisador de medicina preventiva também comenta um interessante estudo suíço que, analisando um grupo ao longo de 15 anos, demonstrou os efeitos positivos da substituição de um comportamento sedentário por uma atividade física leve ou moderada diariamente. Ele detalha que, segundo o estudo, 30 minutos de atividade física leve reduzem, em 11%, o risco de mortalidade geral e, em 24%, o risco de morte por doença cardiovascular. Outro dado interessante é o de que a adoção de apenas dez minutos diários de atividade física intensa reduziu, em 38%, o risco de morte por doença cardiovascular, segundo o estudo.

Para saber mais sobre o assunto, confira a coluna completa no player acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 2
  •  
  •  
  •  
  •