Monopólios digitais enterram utopias da internet

Sucesso da Amazon confirma a concentração de capital nas mãos de poucas empresas

  • 16
  •  
  •  
  •  
  •  

Há poucos dias, a Amazon alcançou o valor de mercado de US$ 1 trilhão. Ao lado da Google, Facebook e Apple, nos EUA, e da Alibaba, na China, o que a riqueza da empresa revela é uma tendência inflexível à concentração de capital, poder político e influência cultural nas mãos de poucas empresas. Essa talvez seja a causa mais evidente do fracasso das utopias da internet. O sucesso da startup, em geral, é apenas uma condição para que essas empresas inovadoras sejam compradas pelas maiores. A inovação serve sobretudo para tornar ainda mais desiguais as formas de vida sob o império dos monopólios digitais.
No Brasil, a tendência de maior concentração de riqueza e renda ficou evidente também. Ao longo da crise, fusões e aquisições impõem à sociedade uma polarização sem precedentes, diante da qual governos, mídia e sociedade civil ficam assombradas e impotentes.

  • 16
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados