Moderação é antídoto contra a radicalização

Rubens Barbosa diz que a eleição deste ano foi muito polarizada, o que acaba por gerar tensão e alguma violência

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na edição de hoje, o embaixador Rubens Barbosa apresenta um levantamento feito pelo Centro de Estudos do Ódio e Extremismo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que aponta o aumento de ataques ligados à raça, religião, etnia ou gênero desde 2015, devido a discursos depreciativos feitos por líderes políticos sobre um grupo social.

Para Barbosa, o importante dessa pesquisa para o Brasil é acompanhar a retórica das lideranças políticas. “A eleição deste ano foi muito polarizada, radicalizada, com muita discussão sobre temas éticos, valores morais, de costumes, temas com grande visibilidade nas campanhas. Em alguns momentos, houve informação de violência contra pessoas por causa das opiniões. O que cabe nesse momento é um apelo à moderação de todos os lados para evitar a radicalização.”

Ouça no link acima a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados