Miopia nas crianças está entre os malefícios causados pela tecnologia

O professor Eduardo Rocha recomenda moderação nas atividades digitais e mais atividades em ambientes externos

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Na coluna “Fique de Olho” desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre o impacto da tecnologia na visão das crianças. Ele conta que a mudança de hábito na rotina das crianças em relação a outras gerações envolve menos atividades em ambiente externo. Esse comportamento causa resultados positivos, como menor exposição aos raios ultravioleta, câncer da superfície ocular, catarata e acidentes, por exemplo.

Entretanto, Rocha alerta que o excesso de atividades ligadas à tecnologia traz problemas para a saúde ocular e isso já está sendo observado em outros países. Entre esses problemas, está o aumento da intensidade e do número de pessoas com miopia. “Isso pode acontecer pela rotina com excessivas atividades digitais, mesmo que as características genéticas também sejam responsáveis pelo aumento dos casos.” Além disso, explica, modificações das atividades que envolvem o reflexo visual e até a resposta motora são alguns dos impactos negativos. Dessa forma, ele recomenda a moderação entre atividades digitais e a saúde de modo geral, com a prática do contato com a natureza, uso da visão para longe e exercícios físicos. Ouça acima, na íntegra, a coluna do professor Eduardo Rocha.

Por: Giovanna Grepi

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados