Ministério da Ciência e Tecnologia publica estratégias para os próximos anos

Faltou, no entanto, segundo José Eli da Veiga, divulgação do plano que estabelece as ações para o desenvolvimento nacional

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) publicou, no último dia 12, as estratégias em CT&I para o período 2016-2019. As iniciativas, que valorizam o avanço do conhecimento e da inovação, são comentadas pelo professor José Eli da Veiga, que estranha a falta de divulgação de um documento tão importante para o País.

Entre os 11 temas estratégicos propostos, o professor destaca Tecnologias Convergentes e Habilitadoras. Em conversa com a repórter Marcia Avanza, ele explica que a Convergência Tecnológica refere-se à combinação sinérgica de quatro grandes áreas do conhecimento: a Nanotecnologia, a Biotecnologia, as Tecnologias da Informação e da Comunicação e as Ciências Cognitivas (Neurociência), campos que vêm se desenvolvendo com grande velocidade nas últimas décadas e que, combinados, podem trazer modificações muito mais expressivas.

Esta abordagem apresenta-se como um desafio científico global desde sua concepção inicial, tendo evoluído de uma tendência para um movimento que procura acelerar a unificação das ciências, com o objetivo de dar aos seres humanos uma gama de poderosas opções tecnológicas.

logo_radiousp

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados