Mentes brilhantes e esquizofrênicas

Pessoas criativas, como aquelas com distúrbios mentais, tendem a ver o mundo de forma diferente das demais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

cab_ciro_marcondes

logo_radiousp_790px
.

Foto: Visualhunt
Foto: Visualhunt

Existem diferenças entre os poetas e os loucos? Estudos científicos constataram que as mentes dos gênios mais criativos operam de forma semelhante às das pessoas que sofrem de esquizofrenia. Os cientistas escanearam cérebros e constataram que a linha que separa a criatividade da chamada insanidade é incerta, difícil de ser distinguida. A ciência explica, alegando que os gênios criativos e os esquizofrênicos carecem de receptores importantes, geralmente usados para filtrar e para dirigir o pensamento, os mesmos que nos fazem pessoas consideradas normais. Em certos casos, a criatividade é associada ao risco progressivo de depressão, esquizofrenia e desordem bipolar.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados