Melancolia é o tema do “Diversidade em Ciência”

A psicóloga Lilian Wurzba fala ainda sobre inconsciente coletivo, arquétipos e perspectiva simbólica na teoria junguiana

No Diversidade em Ciência, Ricardo Alexino Ferreira entrevista a psicóloga analítica Lilian Wurzba, doutora em Ciências da Religião e professora do Instituto Junguiano de Ensino e Pesquisa, além de autora do livro Natureza irreal ou fantástica realidade: reflexões sobre a melancolia religiosa e suas expressões simbólicas na obra de Hieronymus Bosch.

Lilian Wurzba – Foto: Ricardo Alexino Ferreira

Lilian Wurzba  fala sobre melancolia e as teorias junguianas, envolvendo inconsciente coletivo, arquétipos e perspectiva simbólica.

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã, e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista, professor da USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP, Ricardo Alexino Ferreira, e operação de áudio de João Carlos Megale.

O Diversidade em Ciência é gravado no estúdio do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.