Manutenção da Amazônia é de responsabilidade coletiva

“O dia que virou noite” em São Paulo ressaltou a importância da Amazônia para a Região Sudeste

Na coluna Saúde e Meio Ambiente desta segunda-feira (26), Paulo Saldiva comenta sobre o fenômeno que escureceu os céus paulistanos na última semana. Motivada pelo encontro de uma frente fria e da poluição proveniente das queimadas amazônicas, o fenômeno afetou a saúde mental dos cidadãos por provocar insegurança e espanto, segundo o especialista.

A atenção dada a esse tema foi positiva, à medida em que serviu de alerta para a interdependência de ecossistemas e também para as mudanças climáticas que vêm acontecendo. O colunista comenta que isso foi importante para que se crie a consciência de que “discutir a manutenção da Amazônia não é uma questão do agronegócio ou da ecologia somente. Sua preservação é relacionada com estabilidade climática, vulnerabilidade hídrica e de saúde ecossistêmica, já que vivemos em um ambiente em que as espécies dependem umas das outras”.

Ouça a coluna na íntegra clicando no player acima.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •