Mandatos coletivos chamam a atenção na política

Modelo é novo e atualmente existem dois mandatos coletivos em exercício

O segundo boletim Em dia com o Direito desta semana fala sobre mandato coletivo, que nada mais é que um grupo de cidadãos que entram em acordo para lançar um mandato para um cargo eletivo.

Para o mandato, um líder é escolhido como titular e ele é responsável por representar seu grupo e respeitar as decisões tomadas, ou seja, votando em um vários outros são escolhidos também. Esse estilo coletivo é novo e atualmente existem dois em exercício, um em Pernambuco e outro em São Paulo.

O objetivo desse modelo de mandato é facilitar a fiscalização e torná-la mais acessível ao povo, além de contribuir com o financiamento de campanhas que contam com mais participantes. No entanto, ele é muito questionado quanto à sua eficiência, que pode ser comprovada apenas com o passar do tempo.

O Em dia com o Direito é produzido e apresentado por alunos do curso de especialização em Direito Civil: Novos Paradigmas Hermenêuticos nas Relações Privadas e coordenado pelo professor Nuno Coelho da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP.

Ouça, no link acima, a íntegra do boletim.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •