Literatura africana para brasileiro ver e ler

A jornalista e educadora mineira Marilene Pereira, que vive em Cabo Verde há trinta anos, é uma grande divulgadora da literatura infantojuvenil

 14/02/2017 - Publicado há 5 anos  Atualizado: 24/04/2017 as 13:09

logo_radiousp790px
.

Literatura infanto juvenil de Cabo Verde teve contribuição da brasileira Marilene Pereira - Foto: Divulgação/Teatro Alternativa
Literatura infantojuvenil de Cabo Verde teve contribuição da brasileira Marilene Pereira – Foto: Divulgação/Teatro Alternativa

A literatura africana de países de língua portuguesa finalmente começa a despertar interesse no Brasil. Tanto é assim que só agora se conhece por aqui a obra Mayombe, do angolano Pepetela, incluída entre as obras do vestibular da Fuvest. Nesse aspecto, uma grande contribuição deve ser creditada à jornalista e educadora mineira Marilene Pereira, cujo trabalho vai no sentido de divulgar a literatura infantojuvenil africana, da qual muito pouco se fala por estas plagas.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.