Lei que obrigue competição é crucial no combate à corrupção

Cartel de grandes empreiteiras brasileiras compromete melhora da infraestrutura e produtividade do País

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Para o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP (FEA-USP), Paulo Feldmann, além da questão moral que afasta investidores do País, a corrupção agrava a baixa produtividade no Brasil.

Edifício em construção – Foto: Gaf.arq / Flickr via Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Ele explica que a corrupção está na falta de competição nas obras de infraestrutura. Sem a livre-concorrência, a infraestrutura do País fica aquém do que deveria, os custos dos negócios se elevam, o que proporciona menor produtividade.

A solução, afirma o professor, é garantir a participação de pequenas empreiteiras e empresas estrangeiras no mercado. Isso pode ser feito com mudanças na lei ou em atos do governo, como portarias e decretos. No entanto, ele pondera que para isso são necessários governantes honestos, que desejem empreender essas alterações.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Textos relacionados