José Eli da Veiga avalia repercussão da Agenda 2030 no Brasil

Professor acredita que o documento, adotado no final de 2015 em cúpula que reuniu chefes de Estado e governo de todo o mundo, não teve destaque merecido no País

21061010_desenvolvimento
Divulgação

Esta semana, o professor José Eli da Veiga comenta como o clima político no País e a complexidade da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável prejudicaram a discussão do tema no Brasil. Segundo ele, os 169 termos da Agenda, maçantes e muito técnicos, não facilitam sua aplicabilidade.

Acompanhe o comentário:

logo_radiousp

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •