Johann Georg Tinius, o pastor que roubava livros

Ele foi expulso do pastorado da Igreja São Nicolau, em Leipzig, por roubar livros

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em sua coluna “Bibliomania”, que foi ao ar no dia 30 de março de 2018, a professora Marisa Midori abordou a história do pastor e bibliômano alemão Johann Georg Tinius (1764-1846), que foi expulso do pastorado da Igreja de São Nicolau, em Leipzig, sob a acusação de roubar livros.

Ouça no link acima a íntegra da coluna.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •