Johann Georg Tinius, o pastor que roubava livros

Ele foi expulso do pastorado da Igreja São Nicolau, em Leipzig, por roubar livros

Em sua coluna “Bibliomania”, que foi ao ar no dia 30 de março de 2018, a professora Marisa Midori abordou a história do pastor e bibliômano alemão Johann Georg Tinius (1764-1846), que foi expulso do pastorado da Igreja de São Nicolau, em Leipzig, sob a acusação de roubar livros.

Ouça no link acima a íntegra da coluna.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.