IPT orienta municípios no aproveitamento de potencial econômico

Cursos de avaliação de cidades mapeiam oportunidades e levam soluções inteligentes para questões locais

jorusp

Com o objetivo de apresentar a gestores municipais estratégias para políticas públicas de estímulo socioeconômico, o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) tem oferecido cursos de avaliação de potencial econômico de municípios: é a Plataforma Pró Municípios. Alex Fedozzi, responsável pela Gerência de Parcerias Públicas, conta que o novo projeto do instituto pretende democratizar o acesso ao conhecimento, levando os saberes acumulados ao longo dos anos no IPT até as cidades. Assim, pretende-se garantir melhor aproveitamento do potencial econômico local, diz Fedozzi.

Foto: USP Imagens

Além da formação de equipes com técnicos e gestores municipais, o IPT atua como “balcão de dúvidas”, respondendo a questionamentos pontuais, como soluções para tapamento de buracos em vias. Fedozzi conta que as ações da plataforma se fundamentam em diagnósticos, feitos a partir de entrevistas nas prefeituras e secretarias, além de conversas com a comunidade e pequenos empresários. Além de pretender detectar potenciais despercebidos, o programa visa à capacitação do gestor, para que ele possa discutir com propriedade temas aos quais está exposto.

Paulo Brito, pesquisador da Coordenadoria de Planejamento e Negócios, revela um trabalho feito pelo IPT em Ibirarema, município do oeste paulista, em 2014. A cidade de 6 mil habitantes tinha grande parte da sua população empregada em uma usina de açúcar que faliu. Assim, mais de 3 mil pessoas ficaram desempregadas e foi decretado estado de calamidade pública. O IPT, por meio do mapeamento de oportunidades, orientou a gestão municipal ao aproveitamento da mandioca, largamente produzida na região, não só pela indústria alimentícia, mas também pela têxtil e petrolífera. A criação de alternativas inteligentes para as cidades é o que estimula o projeto, conclui Brito.

Em julho, será realizado curso sobre Arranjos Produtivos Locais (APL). A relação dos próximos cursos e outras informações podem ser acessadas pelo site da Plataforma Pró Municípios.

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Textos relacionados