Investigação das causas do AVC é falha, aponta estudo

Octávio Pontes Neto destaca pesquisa sobre a falha na investigação das causas do AVC

Esta semana, o professor Octávio Pontes Neto fala sobre pesquisa que fez levantamento epidemiológico em várias regiões do Brasil para avaliar a qualidade da investigação etiológica dos pacientes que sofreram  Acidente Vascular Cerebral (AVC). O estudo foi um dos destaques do Congresso Brasileiro de Doenças Cerebrovasculares, no início de outubro.

De acordo com o estudo, menos de 30% desses pacientes passam por investigação para descobrir a causa do AVC e realizar a prevenção para um segundo episódio. Entre os exames que podem ser usados, estão o ecocardiograma, estudo dos  vasos do pescoço, ressonância e eletrocardiograma. Pontes Neto também fala que a investigação pode reduzir em até 90% o risco de recorrência da doença. Ouça acima, na íntegra, o comentário do professor Octávio Pontes Neto.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.