Instituto de Psicologia promove debate entre psicanálise e política

Encontro internacional reúne estudiosos da Universidade do Chile e da USP para discutir o tema

  • 786
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Qual o papel do sujeito na teoria política? Psicanalistas, pesquisadores e estudiosos que se interessam e se dedicam à interlocução entre cultura, política, sociedade e psicanálise estarão reunidos em evento no Instituto de Psicologia da USP. O Encontro Internacional de Estudos e Pesquisas em Psicanálise e Política será o primeiro a fim de unir interesses comuns sobre o tema, uma iniciativa fruto de parceria entre professores da Universidade do Chile e professores do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. O objetivo é compor grupos locais que possam formar a Rede Interamericana de Pesquisas em Psicanálise e Política (Redippol).

Fachada do Instituto de Psicologia da USP – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O professor Paulo César Endo, psicanalista, professor do Instituto de Psicologia (IP) da USP e coordenador do Grupo Psicanálise, Teoria Política e Psicologia Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, conversou conosco e explicou mais sobre o que é a psicanálise e o papel do sujeito na teoria política. Ele conta que a psicanálise surge com Freud, a partir de 1900, e que, embora tenha-se tentado relacioná-la com outras áreas do saber, isso nunca foi devidamente assumido. Ele lembra de constrangimentos dentro do movimento psicanalítico devido à ascensão nazista na Alemanha, pois foi criada uma associação alemã de psicanálise, que era pressionada a trabalhar sob preceitos nazistas, que muitas vezes vão na contramão da psicanálise.

Quanto ao evento, Endo explica que ele abre um espaço para que psicanalistas possam debater essas questões da relação entre a psicanálise e a política, além do intercâmbio de informações através de pesquisas. Para ele, a criação da Redippol é de grande relevância para o debate do tema. Ela serviria como forma de afirmar a psicanálise no continente americano.

O evento será no dia 12 de setembro, no auditório Carolina Bori do Instituto de Psicologia (IP) da USP, às 8h, e nos dias 13 e 14 de setembro às 8h30.

Jornal da USP no Ar, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93,7, em Ribeirão Preto FM 107,9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

.

  • 786
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados