Instabilidade do Japão traz à luz solidariedade dos japoneses

No Japão o “eu” é definido em função das circunstâncias, é “relacional” e nunca “individualizado”

Situado numa região do planeta sujeita a terremotos, tufões e tsunamis, o Japão tem ainda uma relação tensa com o continente, especialmente com a China e a Coreia do Norte. Essa instabilidade geológica, atmosférica e política, por outro lado, revela a solidariedade do povo japonês. No Japão, o “eu” é definido em função das circunstâncias, é “relacional” e nunca “individualizado”, diferente do que ocorre no Ocidente, onde o indivíduo vem em primeiro lugar.

Essas reflexões foram feitas pelo professor Martin Grossmann – diretamente de Kyoto, no Japão, onde realiza pesquisas sobre museus, sua especialidade acadêmica – em sua coluna Na Cultura o Centro Está em Toda Parte, transmitida pela Rádio USP (93,7 MHz) no dia 23 de outubro de 2019.


Na Cultura, o Centro está em Toda Parte
A coluna Na Cultura o Centro está em Toda Parte, com o professor Martin Grossmann, vai ao ar toda quarta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.