Implantação de aplicativos no transporte coletivo comporta riscos

O aplicativo UBus é licenciado apenas em São Bernardo do Campo, portanto, clandestino em São Paulo

A Prefeitura de São Paulo suspendeu nesta semana o serviço de ônibus executivo que estava sendo oferecido pela MetraClass, uma parceria entre a Metra e o aplicativo UBus, que opera a linha São Bernardo do Campo (ABC)/Brooklin. Além do serviço autônomo por aplicativos, que já existe com os veículos de passeio, agora o mercado começa a atender também o transporte coletivo de forma on demand. A implantação desse tipo de serviço precariza o mercado de trabalho, sem garantias de benefícios, propiciando excesso de jornada de trabalho, além do desgaste físico e psíquico que se tem no trânsito das grandes cidades. Na coluna desta semana, a professora Raquel Rolnik ressalta também o lado positivo desse método.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Cidade para Todos
A coluna Cidade para Todos, com a professora Raquel Rolnik, vai ao ar toda quinta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.