IEA promove intercâmbio de inovação entre Instituto de Israel e USP

Presidente do Instituto de Tecnologia de Israel, Peretz Lavie, estará em encontro sobre start-up’s e tecnologia.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Israel tem se destacado como um polo de tecnologia e inovação. Com a indústria de alta tecnologia responsável por 54% das exportações industriais do país e nove em cada mil trabalhadores envolvidos com pesquisa e desenvolvimento (o dobro de EUA e Japão), conquistou a fama de “Nação Start-up”. Peretz Lavie, presidente do Instituto de Tecnologia de Israel (Technion), uma das principais escolas de formação em Ciência e Tecnologia do mundo, participará de uma conversa no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP , no dia 13 de fevereiro, sobre o poder transformador das universidades e o exemplo inovador do Technion.

O Jornal da USP no Ar conversou com o professor Ary Plonsky, do Departamento de Administração da Faculdade de Economia e Administração (FEA), do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica (Poli) e vice-diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP.  Ele explica como Israel se voltou para a área do desenvolvimento da tecnologia: “Apesar de ser um país jovem, mais jovem até que a própria Universidade de São Paulo, algumas instituições são anteriores que a criação do Estado”. Assim, a sociedade que era, basicamente agrícola, passou a ser industrial e, principalmente, na produção tecnológica.

Foto: Fabcom via Flickr – CC

Plonsky ressalta que esse intercâmbio de conhecimentos voltados para as start-up’s  será feito através várias atividades realizadas na USP com a participação do professor Peretz Lavie, que começam já nesta segunda-feira (11) no InCor, onde ele e a esposa — também pesquisadora — terão a oportunidade de compartilhar as suas experiências. 

No dia 13,  pela manhã, acontecerá um encontro entre o professor Peretz Lavie e o reitor da USP, professor Vahan Agopyan, na Cidade Universitária. A partir das 11 horas, será realizado o evento The Role of Universities in Transforming Societies: The Technion Story no IEA, com o formato de perguntas e respostas, segundo o vice-diretor. Plonsky conta que a Universidade tem se dedicado para desenvolver a inovação e a tecnologia. “Uma dessas iniciativas mais recente é o Centro de Inovação, que foi estabelecido, e, em operação, nós temos, no próprio IEA, o Observatório de Inovação e Competitividade, temos entre engenharia, economia e administração, um Núcleo de Política de Gestão Tecnológica, temos a Agência USP de Inovação, temos o Núcleo de Empreendedorismo da USP”.

Vale ressaltar que o evento será conduzido em inglês, sem tradução simultânea, e para participar presencialmente é necessário realizar uma inscrição prévia. Haverá também uma transmissão ao vivo pelo site do Instituto de Estudos Avançados, sem restrição para acompanhar.

jorusp

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •