Idosos lidam de maneira peculiar com as redes sociais

Comunidades on-line funcionam como espaços para interações, aprendizados e promoção de autonomia

  • 115
  •  
  •  
  •  
  •  

O aumento no número de idosos no Brasil segue a todo vapor. De acordo com uma projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2060 um pouco mais de um quarto da população (25,5%) deverá ter mais de 65 anos.

Em meio ao envelhecimento populacional e à crescente participação dos cidadãos no ambiente digital, nota-se cada vez mais a inserção de idosos nas redes sociais.

De acordo com Tássia Chiarelli, mestra em Gerontologia pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP), esses ambientes contribuem para o processo de empoderamento do idoso.

Ouça, no link acima, o conteúdo completo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 115
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados