Idas e vindas de Trump causam incerteza internacional

Medidas radicais são tomadas para atender eleitorado, que conta com eleição, ainda este ano, no Congresso

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O tema de hoje, dia 29 de maio, da coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o embaixador Rubens Barbosa, são as idas e vindas do presidente Donald Trump. “Sabemos que os Estados Unidos são a principal potência política, econômica, financeira, militar e estratégica do mundo. Suas ações ou ambições têm consequências globais. Depois da sua eleição, a ordem internacional vive uma situação atípica, tornando-se mais incerta e instável, em decorrência de mudanças bruscas, e das idas e vindas no comportamento de um presidente, líder internacional.”

Barbosa cita como exemplo a retirada dos Estados Unidos do Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas, a retirada da parceria transpacífica, a crítica ao tratado de defesa da Otan, a retirada do acordo de contenção nuclear do Irã, a escalada retórica de uma guerra comercial com a China, as idas e vindas com a cúpula da Coreia do Norte, a transferência para a negociação internacional de táticas privadas que usava quando era  empreendedor na área imobiliária em Nova York. “Trump toma essas medidas para atender o seu eleitorado, pois este ano acontece eleição no Congresso americano”, explica.

O embaixador fala que o isolamento dos Estados Unidos é crescente e que a atitude de Trump mostra, muitas vezes, a sua extrema ignorância com as relações internacionais, causando incerteza em todo o mundo.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados